UFRRJ

A Universidade

A UFRRJ teve suas origens no ano de 1910, com base num decreto assinado por Nilo Peçanha, Presidente da República vigente, e por Rodolfo Nogueira da Rocha Miranda, Ministro da Agricultura. Naquele ano, foram lançadas as bases para o ensino agropecuário no Brasil com a criação da Escola Superior de Agronomia e Medicina Veterinária, instalada em 1911 no palácio do Duque de Saxe, atual CEFET/MEC no Maracanã, Rio de Janeiro.

Em 1918, a Escola foi transferida para a Alameda São Boaventura, em Niterói, onde funciona hoje o Horto Botânico do Estado do Rio de Janeiro. O seu novo regulamento só foi aprovado em 1920, quando foi criado mais um curso, o de Química Industrial. Em 1927, a Escola mudou-se para a Praia Vermelha, no Rio de Janeiro. Em fevereiro de 1934, o Decreto 23.857 transformou os cursos na Escola Nacional de Agronomia, Escola Nacional de Medicina Veterinária e Escola Nacional de Química. A primeira subordinava-se à extinta Diretoria do Ensino Agrícola, do Departamento Nacional de Produção Vegetal; a segunda ao Departamento Nacional de Produção Animal, do Ministério de Agricultura. A Escola Nacional de Química, transferida para o antigo Ministério da Educação e Saúde, viria a constituir-se na Escola de Engenharia Química da atual Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro – antiga Universidade do Brasil.

Em março de 1934, a Escola Nacional de Agronomia e a Escola Nacional de Veterinária tiveram o regulamento comum aprovado e tornaram-se estabelecimentos-padrão para o ensino agronômico do País. Naquele ano, formaram-se 12 Engenheiros Agrônomos e 16 Médicos Veterinários. A Portaria Ministerial de 14 de novembro de 1936 tornou as Escolas independentes, com a aprovação de seus próprios regimentos.

Em 1938, o Decreto-Lei 982 alterou a situação: enquanto a Escola Nacional de Agronomia passou a integrar o recém-criado Centro Nacional de Ensino e Pesquisas Agronômicas (CNEPA), a Escola Nacional de Veterinária passou a subordinar-se diretamente ao Ministro do Estado. O CNEPA foi reorganizado em 1943, pelo Decreto-Lei 6.155, de 30 de dezembro. Nascia a Universidade Rural, abrangendo na época a Escola Nacional de Agronomia, a Escola Nacional de Veterinária, Cursos de Aperfeiçoamento e Especialização, Cursos de Extensão, Serviço Escolar e Serviço de Desportos.

Em 1963, a Universidade Rural passa a se chamar Universidade Federal Rural do Brasil e mais tarde, em 1965, recebeu o seu nome atual, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, a UFRRJ. A partir deste ano, são criados inúmeros cursos de graduação e pós-graduação na instituição.


O Curso de Relações Internacionais na Rural 

O curso de Relações Internacionais (RI) na UFRRJ surgiu em 2010, fruto do Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais (Reuni). Nosso curso é vinculado ao Departamento de História e Relações Internacionais do Instituto de Ciências Humanas e Sociais (ICHS) e conta com outros quatro departamentos na oferta de disciplinas que compõem nossa grade curricular: o de Economia, de Ciências Jurídicas, Ciências Sociais e Geociências. O bacharelado em Relações Internacionais na Rural conta com uma grade inspirada na Universidade de Brasília, primeira instituição a criar o curso de RI no Brasil. Nosso quadro de disciplinas comporta diferentes áreas de conhecimento, o que possibilita a seus alunos terem contato com os diferentes temas que norteiam as RI: sociologia, economia, história do Brasil e geral, política externa, ciências política, antropologia, geopolítica e Teoria das Relações Internacionais são algumas delas. Antes de preocupar-se somente com a formação acadêmica de seus alunos, o curso na UFRRJ tem por objetivo formar indivíduos com uma visão crítica e humanística, sendo este um de seus principais diferenciais.

...

Total de visualizações de página

SiUR NO FACEBOOK

Formulário de contato